Promotoria de Defesa do Patrimônio Público de Porto Alegre investiga planos de saúde e odontológico

February 28, 2014 by admin Leave a reply »

A investigação é para apurar possíveis desvios de recursos públicos e abusos no uso dos planos odontológico e de saúde da Companhia de Processamento de Dados de Porto Alegre ( Procempa). Há dois anos em 2011, os custos no plano odontológico subiram muito, saltando de seiscentos e cinquenta e sete mil reais para mais de um milhão e quatrocentos mil reais. A suspeita é várias pessoas foram declarada dependentes dos titulares sem de fato serem e, portanto, não tinham o direito de usar o plano odontológico da Companhia de Processamento de Dados de Porto Alegre que não apurou o caso, mesmo diante do aumento de 120% nos custos. Sogros, sogras, irmãos, sobrinhos, entre outros parentes que ao dependiam financeiramente dos titulares foram declarados dependentes sem comprovação.

Você pode ler mais aqui.

Advertisement

Leave a Reply